Os Famintos por Justiça

Reflexão sobre Mateus. 5:6

Felizes são os discípulos e discípulas que não se cansam na caminhada de libertação, que são persistentes e corajosos na lutar por justiça. Felizes são os que acolhem os injustiçados, gente de coragem, que no exemplo de Jesus, estão sempre sob perigos de prisões e morte, mas o amor e a fome por justiça transcende, o Espírito do Jesus libertador os encoraja, e por isso não recuam no meio do caminho.

Felizes são os que demonstram indignação e revolta ao ver o sofrimento do injustiçado, estes não se contentam em uma simples comoção, palavras ou sentimentos, mas agem de maneira concreta diante das maldades imputadas aos pequeninos, nossos irmãos e irmãs.

Os famintos por justiça não são justiceiros que esperam os aplausos da sociedade, antes, são inimigos da fama, buscam a simplicidade e o anonimato. Fazem sem a pretensão de serem reconhecidos pela mídia. Suas ações são discretas, os pobres injustiçados são os protagonistas. Os que caminham na luta por justiça jamais devem usar os pobres para sua auto-promocão, o que torna um ato de justiça em injustiça.

Marcos Aurélio dos Santos

Natal, 11 de Setembro de 2019